sábado, 27 de março de 2010

Os corpos e o ser


Somos seres plenos e possuímos vários corpos, desde o mais denso até o mais sutil. A terceira dimensão em que vivemos neste planeta e as nossas limitações sensoriais nos fazem perceber com mais clareza o corpo denso ou físico. O nosso corpo físico é um invólucro perfeito para o nosso ser essencial. Nesse corpo encontramos certa identificação com o “personagem” que vivenciamos nessa vida atual. Essa identificação pode ser cega onde o ser pensa que é realmente o personagem que representa aqui e agora, mas na verdade é muito mais do que pensa ser. Enquanto nos voltarmos somente para o exterior será difícil conhecer realmente quem somos. O propósito do Yoga e dos ensinamentos védicos é fazer uma conexão com a consciência EU SOU.

Através desses ensinamentos milenares podemos entrar em contato com aspectos sutis do nosso ser, nos sensibilizando e aguçando nosso sentidos e a percepção de energias internas e ao nosso redor. O Yoga promove uma busca interior e não exterior, ancorando um profundo sentimento de gratidão e aceitação pelo todo.

Como somos seres com corpos densos precisamos cuidar muito bem do funcionamento correto desse invólucro, dessa maneira manteremos um equilíbrio energético sadio com os nossos corpos sutis com o objetivo de alcançar Moksha (libertação).

Tudo se inicia de modo sutil e vai se densificando, materializando. Esse tudo corresponde às idéias, insights, sentimentos, vontades, emoções, doenças, desejos, desequilíbrios, e assim por diante que acabam por tornar-se reais através do poder da mente. Por isso devemos manter a nossa imunidade vibracional e plasmar somente coisas positivas no plano físico e material. Podemos utilizar várias ferramentas para elevar a nossa vibração, cuidando de maneira saudável do nosso corpo e mente escolhendo dessa maneira um meio ambiente e estilo de vida equilibrado para se viver.

O Ayurveda cumpre um papel muito importante na manutenção e prevenção da saúde integral dos seres. Essa “Ciência da vida” é muito completa e também complexa, pois abrange todas as necessidades e cuidados integrais com o ser. O Ayurveda trabalha com a prevenção e dessa maneira torna o indivíduo responsável por si próprio promovendo um cuidado diário, sadhanas, alimentação, purificações e diversos conselhos para se manter uma boa saúde. De acordo com os antigos ensinamentos dessa ciência, cada indivíduo é único, por isso, o Ayurveda se apresenta por ter uma visão personalizada do ser.

Ao termos consciência de que não somos somente esse corpo abrem-se infinitas possibilidades para novas descobertas. Por isso procuremos não nos limitar, mas sim ampliemo-nos em todos os sentidos agindo de acordo com o dharma. Dessa maneira iremos somente atrair equilíbrio e saúde para nós e para tudo em nosso entorno.