terça-feira, 14 de abril de 2015

Tônico para os cabelos

 

 

Os nossos cabelos precisam de vez em quando de um cuidado maior. Às vezes o shampoo só não basta. Além de nos hidratarmos bem, comermos de forma saudável é preciso um algo a mais. As posturas invertidas também ajudam a potencializar a circulação dos microvasos do couro cabeludo estimulando o crescimento dos cabelos.

Receita

1 e meia colher de sopa de óleo de gergelim
15 gotas de óleo essencial de alecrim
10 gotas de óleo essencial de cedro
5 gotas de óleo essencial de sálvia esclareia

Colocar os ingredientes num frasco e guradar em local fresco e escuro.
Coloque na palma da mão o equivalente a uma colher de chá e friccione as mãos antes de massagear o couro cabeludo com movimentos circulares. Procure fazer na hora de dormir pois o crescimento dos cabelos ocorre em geral durante o sono. Lave com shampoo pela manhã.

O alecrim aumenta a circulação periférica e traz nutrientes e oxigênio para os pequenos vasos sanguíneos, onde os folículos pilosos estão localizados. O cedro possui benefícios para a pele, possui ação adstringente e antisséptica, atua no tratamento de acne, pele oleosa, cabelos oleosos, seborreicos ou com caspa, além de eczema, dermatite, psoríase e queda de cabelo. A sálvia esclareia é um regulador hormonal, anti-inflamatório e calmante. Tem propriedades regenerativas estimulando o nascimento de cabelos novos. Limita a produção de sebo combatendo a oleosidade e a caspa. O óleo de gergelim muito usado no Ayurveda, é um carreador com efeito tônico de potencia quente e penetrante. O óleo de gergelim também pode ser substituído por óleo de coco para as pessoas de constituição pitta predominante.

sábado, 4 de abril de 2015

Jejum, um ato de amor para o seu corpo


Como uma casa que precisa de limpeza, o nosso corpo também precisa. O jejum é um poderoso aliado para limpar o nosso corpo permitindo um descanso dos órgãos e a renovação dos mesmos ajudando até a emagrecer. Na correria diária muitas vezes acabamos comendo por comer, sem pensar nas consequências dos mesmos. Sem querer querendo..., comemos frituras, muita massa, carnes, bebidas alcoólicas, aquela pizza deliciosa, aquele bolo de aniversário, etc. Enfim, tudo isso sobrecarrega o nosso organismo e para dar uma forcinha a ele é interessante jejuar.
 
O Ayurveda recomenda mesmo para pessoas em estado normal de saúde, um jejum de água morna de 1/5 litro a 1 litro ao dia, pelo menos 1x na semana ou de 15 em 15 dias, para recuperar o sistema digestivo dos desgastes diários.

Seja qual for o método de jejum empregado, você deve observar cuidadosamente como está a sua força física e vital, para saber como seu organismo está reagindo ao jejum. Se você sentir uma queda de energia de maneira notável, o jejum deve ser adequadamente interrompido. É importante enfatizar a necessidade de uma interrupção adequada, pois, se ela for brusca e inadequada, pode também gerar sobrecargas ao sistema digestivo que estará lento, em repouso. Se você interromper o jejum e entrar bruscamente com alimentos pesados, indigestos, gordurosos ou impuros, o resultado será terrível e um estado de intoxicação aguda pode ocorrer. Do mesmo modo, a entrada na terapia do jejum não deve ser brusca, deve se ir diminuído os alimentos pesados de maneira gradativa, consumindo somente alimentos mais leves.
 
Seguindo as dicas acima você pode experimentar as sugestões abaixo:
 
1º dia
1 medida de arroz integral cateto
14 medidas de água
Gengibre em pó
Sal marinho ou de rocha
Toste o arroz e cozinhe na água, deixe ficar bem macio, depois amasse o arroz e adicione o gengibre e o sal.
Tomar 200ml, 3x ao dia ou conforme a sensação de fome.
 
2º dia
1 medida de arroz integral cateto
6 medidas de água
Ghee, Gengibre em pó, Sal marinho ou de rocha, semente de cominho.
Aqueça o ghee e acrescente o arroz, toste o arroz no ghee por 2 a 3 minutos. Adicione água, os temperos  e cozinhe até ficar papa.
Tomar 200ml, 3x ao dia ou conforme a sensação de fome.

As propriedades desse jejum melhoram a digestão sendo fácil de digerir, nutre os tecidos, mata a fome, a sede e elimina toxinas.