Nutrição

Nutrição Ayurvédica e os seis sabores

O sabor doce
O sabor doce aumenta os tecidos do corpo, nutre, conforta o corpo e alivia a fome. Esse sabor é necessário para cada tipo corpóreo, mas os tipos Pitta e Vata podem saboreá-lo mais que os tipos Kapha. Água e terra produzem o sabor doce que incluem carboidratos, açúcares, gorduras e aminoácidos. A maioria dos grãos e frutas são doces. O primeiro elemento da vida, que é a água, é doce. O leite é doce. Quase todos os alimentos contém em certo grau do sabor doce. Esse é o sabor mais dominante de todas as nossas formas de sustento.

O sabor azedo

O sabor azedo é usado em pequenas quantidades por todos nós, mas é mais benéfico para os tipos Vata. Pequenas quantidades podem ser usadas para os tipos Kapha, e menos ainda para os Pitta. Esse sabor ajuda na digestão e eliminação de resíduos do corpo e é formado pelos elementos terra e fogo. Todos os ácidos orgânicos são considerados azedos. Muitas frutas, como o limão, limas, grapefruit, morangos, são considerados azedos com um leve sabor doce. Todas as comidas fermentadas, como o missô, molho de soja, iogurte, pickles, são considerados azedos.

O sabor picante

O sabor picante é mais benéfico para os tipos Kapha. Pode ser usado em pequenas quantidades para os Vata e raramente pelos Pitta. O sabor picante estimula o apetite, mantém o metabolismo em equilíbrio e digere toxinas. Esse sabor é formado dos elementos ar e fogo. Temperos como o alho, gengibre, assafétida, são considerados picantes.

O sabor salgado

O sabor salgado é usados em pequenas quantidades por todos o tipos, mas é mais benéfico para Vata. Esse sabor limpa os tecidos do corpo e ativa a digestão. Esse sabor pe formado de água e fogo e existe em todos os sais e algas marinhas. A maioria dos vegetais aquosos como a abobrinha, pepino, tomate, têm naturalmente mais sódio.

O sabor amargo

O sabor amargo é bom para todos os tipos em quantidades medicinais. Desintoxica o corpo, tonifica os órgãos, limpa o fígado e controla doenças de pele. É o sabor mais importante para os Pitta, de moderada importância para os Kapha e menos para os Vata. Esse sabor é formado de ar e espaço, e existe em todos os alimentos amargos, como aloe vera, neem, cúrcuma, endívias, alface, entre outros.

O sabor adstringente

Como o amargo o adstringente também pode ser usado de forma medicinal. Pequenas quantidades podem ser usadas por cada tipo. Pitta e Kapha podem usar mais esse sabor do que Vata. A adstringência cura o corpo, por sua natureza constritiva. Reduz a secreção e é o mais forte dos sabores. É formado pelos elementos ar e terra. Exemplos de alimentos adstringentes são os ricos em tanino, como os chás feitos das cascas de árvores. A maioria dos legumes possui o sabor adstringente seguidos do doce. A maioria dos medicamentos são adstringentes em sua natureza.

Os doshas e seus sabores naturais

Vata: Amargo, Adstringente e Picante
Pitta: Azedo, Salgado e Picante
Kapha: Doce, Salgado e Azedo

Os 3 estágios do sabor

Rasa: O sabor inicial
Virya: A energia do alimento (energia fria ou quente)
Vipaka: O sabor pós digestão

O sabor doce possui um Virya frio.
O sabor amargo possui um Virya frio.
O sabor adstringente possui um Virya frio.
O sabor salgado possui um Virya quente.
O sabor azedo possui um Virya quente.
O sabor picante possui um Virya quente.

Sabores que beneficiam cada dosha

Vata: Salgado, Azedo e Doce
Pitta: Amargo, Adstringente e Doce
Kapha: Picante, Amargo e Adstringente

A transformação dos 6 sabores do sabor inicial Rasa, ao sabor pós digestão Vipaka

Vipaka: efeito pós-digestivo. Os seis sabores são reduzidos em três no efeito pós-digestivo, vipaka. Os sabores doce e salgado tem um vipaka doce, o ácido tem um vipaka ácido, enquanto o amargo, o adstringente e o picante tem um vipaka picante. Esses efeitos pós-digestivos estão relacionados com processos de absorção e eliminação... Ervas tomadas a longo prazo tendem a agravar o dosha que possui o vipaka da erva. O efeito pós-digestivo nos oferece outra referência de entendimento o efeito das ervas, particularmente as tomadas a longo prazo. É um conceito único do Ayurveda. 


Doce se mantém doce
Salgado se mantém doce
Ácido se torna ácido
Picante se mantém picante
Amargo se torna picante
Adstringente se torna picante

Características elementares dos alimentos

Ao observarmos a natureza, podemos determinar a energia inerente de cada ser humano, animal, vegetal, grão, semente ou fruta. A forma, o tamanho, o sabor, a textura, a temperatura, são indicadores primordiais usados para determinar a predominância de espaço. ar, fogo, água ou terra nos alimentos. Como nós humanos, a maioria dos alimentos são combinações de dois elementos dominantes. Todas as plantas e outras formas de vida são derivadas do elemento água. Através do processo de transmutação, os outros quatro elementos também existem em graus variados. A água dá sabor à vida e a terra dá o aroma. O fogo transforma a forma e as características visuais dos alimentos. O ar cria a sensação na pele e a textura do alimento. O espaço dá o som, o vazio e ressonância do alimento.
Quando plantamos sementes e observamos o seu crescimento, nos tornamos conectados com a natureza de cada planta. Cada alimento possui características inatas, cor, vibração, sabor. É melhor ingerir alimentos da estação, que crescem localmente ou em clima similar de onde você mora.

Espaço
Ar
Fogo
Água
Terra
Oco
Móvel
Intenso
Frio
Sólido
Ressonante
Áspero
Quente
Denso
Denso
Translúcido
Duro
Mediano
Pesado
Pesado
Azul
Seco
Forte
Grande
Grande
Frio
Variável
Leve
Úmido
Oleoso
Adstringente
Fresco
Fluido
Suave
Azedo
Picante
Leve
Oleoso
Nebuloso
Doce

Compacto
Fétido
Pegajoso


Rijo
Vermelho
Branco


Escuro
Laranja
Claro


Amargo
Picante
Doce


Adstringente
Salgado
Salgado




Informações traduzidas de livro de Bri Maya Tiwari e LAD, V; FRAWLEY, D. The Yoga of Herbs.